EnglishPortuguese

 

EnglishPortuguese
berimbau-metade-2019.png

Maculelê

Menu/

/ Maculelê

Remini20210507194339368.jpg

 

 

THE LEGEND OF MACULELÊ

Its origin is much disputed, as some think it is an indigenous dance and others a struggle of blacks. It is believed to be a popular act that would have flourished in the 18th century in the sugarcane fields of Santo Amaro, and became part of local celebrations.

In Santo Amaro da Purificação, a city marked by the green of the cane fields, it is a land rich in popular cultural manifestations and the birthplace of Maculelê that emerged through its dance of strong dramatic expression, only by male people, dedicated to participating in group dance, beating the sticks to the rhythm of the sound with songs in popular language.

Every February 2nd, the day of Nossa Senhora da Purificação, the patron saint of the city, is celebrated. And within all the parties there is Maculelê, contagious for its vibrant rhythm.

Maculelê is a mixture of dance and fight originating from slaves. “Since the (20th) century, with the death of the great masters of Maculelê de Santo Amaro da Purificação, the merrymaking has ceased to be part of the patron saint’s festivities for many years”. In the 1940s, a new master appeared, Paulino Aluísio de Andrade, known as Popó do Maculelê, esteemed by many as the protector of Maculelê. Mestre Popó gathered relatives and friends, to whom he taught the dance, based on his memories, wanting to include it again in the local religious festivals. He formed a group, from Maculelê de Santo Amaro, which became very well known.

The oldest fighter is Mestre Popó and according to him, the Maculelê arrived from the African coast along with the slaves, to the Santo Amaro mills.

A mixture of fight and dance, defense and attack mixing with the black corners to disguise the fight. In this way, the fight was trained without arousing the distrust of the overseers who only saw the dance.

At Maculelê we use the following instruments: atabaques, agogô and ganzá. Each fighter uses a pair of sticks.

The dance is composed of light movements and a lifting of the feet synchronized to the beats of the sticks.

Only a few songs sung in the slave quarters were used to accompany Maculelê. Most were created in Santo Amaro by followers of Mestre Popó, but the one that characterizes the most is “it’s me, it’s me, it’s me Maculelê, it’s me”…

Compartilhe:
Share on twitter
Tweet

R. Campos do Jordão, 629 - Real, Praia Grande - SP, Brasil

2820 E Pikes Peak Ave, Colorado Springs, CO 80909, EUA

Política de Privacidade 

Copyright © 2021 . Todos os direitos reservados

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Important: This website makes use of cookies which may contain tracking information about visitors.